Incensos para perfumar a vida


[Por mãe Barbara de Iansã] Me foi pedido uma ajudinha em relação aos incensos e como usá-los, e acho que é pertinente eu dizer um pouco  sobre eles. Eles me ajudam muito quando preciso meditar ou quando estou fazendo acompanhamento de auto conhecimento e regressão guiada nos filhos da casa.

Bem, primeiro quero explicar o que exatamente é um incenso e o que exatamente ele faz, em questões magísticas e energéticas.

Incenso é qualquer tipo de erva ou madeira queimada de forma a gerar fumaça perfumada em um ambiente.
O mais tradicional é o de vareta, que é feito a partir de uma massa com carvão moído, óleos essenciais, madeiras e ervas, todos muito bem misturados e depois colocados em varetas de bambu até que sequem.

Há também o incenso feito de ervas secas, onde um carvão vegetal é aceso e mantido em brasa e depois jogado em cima dele as ervas para que queimem e produzam fumaça. Para os umbandistas esse tipo é muito bem conhecido, pois usamos em nossas defumações em começos de trabalhos.

E energeticamente falando, o que ele faz? Bem, é de senso comum que ervas possuem propriedades que nos auxiliam em diversas coisas, sejam elas para ajudar nosso físico, através de emplastros ou chás, ou para nos auxilar em nosso espiritual, através de banhos.

Basicamente, a propriedade mágica da erva (aquela que nos auxilia no espiritual) será sempre a mesma, indiferente se será usada em banho ou em queima, ou seja, se a lavanda nos auxilia na clarividência, energização e ameniza nossos sentimentos e chakras quando estão muito desequilibrados e descompassados, a sua queima em incenso fará a mesma coisa, porém atingirá todo o ambiente onde a fumaça percorrer e todos aqueles que respirarem sua fumaça.

As energias, sejam elas boas ou ruins,quando são emanadas no espaço, parecem-se com uma fumacinha que tem a capacidade de “grudar” nas coisas, seja ela o ambiente ou nosso perispírito.
Se são boas, são iluminadas e leves, como bolhas de sabão, que quando tocam uma superfície explodem e a molham com gotículas de luz o seu entorno.
Se são ruim, são como fumaça de poluição que se adensam e sujam a superfície com uma textura pegajosa e grudenta.

A fumaça é uma manifestação do elemento ar e, sendo assim, possui formas-pensamentos e elementares da natureza que neutralizam e limpam essa sujeira encrostada no ambiente e no nosso perispírito. Cada tipo de erva emanará uma energia e trabalhadores daquela energia. Podem imaginar fadinhas faxineiras, eu gosto de imaginar assim rs. Fadinhas da calma, fadinhas da meditação, fadinhas da limpeza energética.

E é basicamente por isso que nos terreiros de umbanda nós incensamos a casa, os médiuns e os visitantes. É por isso também que as entidades fumam, pois além de invocarem com a fumaça as forças do ar (ou as fadinhas faxineiras rs), o tabaco é um poderoso “desinfetante” energético que “mata” e neutraliza até a mais forte das larvas astrais. Pode perguntar aos vôs e vós, eles não negarão. Não é a toa que desde o começo das civilizações o fumo sempre teve um caráter ritualístico.

Bem, é isso, espero ter ajudado!  Abaixo vou deixar uma listinha sucinta de propriedade das ervas que peguei na internet (créditos a Marcia Vizenttini do site SomosTodosUm.ig.com.br):

  • ALECRIM: Usado para dar mais energia, bom para cansaço, desânimo, tristeza. 
  • ABRE CAMINHOS: Composição: sândalo e essências de madeira, amplia horizontes. 
  • ALFAZEMA: Auto-estima, amplia a auto-confiança, concretização dos desejos. 
  • ANIS ESTRELADO: Ajuda a atrair a boa sorte. 
  • BÁLSAMO: Libera emoções reprimidas, ajuda a superar mágoas e harmoniza os ambientes. 
  • BAUNILHA: Traz alegria, bem estar, estímula as relações amorosas. 
  • CAPIM SANTO: Trabalha a agressividade, bom para crianças muito ativas. 
  • CÂNFORA: Elimina todo o tipo de energias negativas, bom para o lado profissional. 
  • CAMOMILA: Tranquilidade, harmonia, para problemas de saúde. 
  • DAMA DA NOITE: Para os enamorados, amor, encontros. 
  • FRAMBOESA:Ótimo para eliminar as mágoas, depressão e o ódio. 
  • MAÇÃ VERDE: Bom para os casais, estimula a atração e o prazer. 
  • ORQUÍDEA: Purifica o ambiente de trabalho, ajuda a soluções de problemas. 
  • PATCHULI: Traz  abundância, bom para fertilidade. 
  • ROSA BRANCA: Para limpeza dos ambientes contra as más energias, acalma as pessoas. 
  • 7 ERVAS: Para purificação de ambientes contra mau olhado, invejas e ódio.